quarta-feira, 4 de janeiro de 2012


KOMBATO: 2011 E O QUE FAREMOS EM 2012
Como sempre concluímos nossas metas. Até hoje, de 1999 para cá, todas as nossas metas e objetivos foram bem calculados e todos atingidos. 2011 não foi diferente.

O que fizemos em 2011, e sua repercussão:

Vídeos: Vídeos curtos mostrando as técnicas e nossa forma de pensar. Começamos em 2009, fizemos mais de 100 vídeos - que foram cuidadosamente escolhidos por serem diferentes do que os demais apresentam. Alguns criaram muita polêmica, e tem criado até hoje, mas estão dando muito ibope. São 851 assinantes, dos quais nenhum praticamente é praticante de Kombato.
Livros. Lançamos 3 volumes: 300+, Branca e Verde 1. O impacto foi muito bom dentro do grupo pois muitos descobriram que “estavam fazendo detalhes errado”, ou interpretando errado as técnicas, ou ainda trazendo bagagem errado de outras artes marciais. Os livros estão criando um padrão único nas artes marciais e defesa pessoal que existe no Brasil. Normalmente não existe padrão para as artes pelo menos no pais, todo mundo pode verificar isso, e o Kombato está caminhando para ser a exceção.
Exames. Os exames ficaram mais precisos, mais justos. Em todos os sentidos. Exames para pessoas acima de 35 anos foram consagrados, assim como exames acima de 50 anos, provando que o Kombato é para todos.  
Novos Instrutores. Os Professores Clarke, Alberto, Salgado, Douglas e eu formaram novos integrantes que começaram a lecionar, criando uma nova geração em lugares onde o Kombato não havia pisado antes. Atingimos Porto Alegre, Diamantina, Tupã, Itaipava, Angra dos Reis.
Unidades próprias: A ATAC Itaipava foi aberta. E a ATAC Bauru se fortaleceu, e se tornou incluindo mais tecnológica (até mesmo videogames de luta tem, para entreter os clientes, e garrafão de Gatorade!)
Novos Instrutores e monitores começaram a lecionar, como Jorge Lyno, Gláucio, Rafael Lima, Rafael Ferraz, Daniel Runkel, Ricardo Marques, Daniel Coutinho, alguns já com bastante sucesso.
Kettlebell. Daniel Runkel foi para os EUA, se formou instrutor na mais conceituada organização de Kettlebell do mundo, trazendo toneladas de conhecimento novo para nós. Assim como já estávamos 4 anos a frente do mundo da educação física e artes marciais no Brasil quando trouxemos isso para cá (FATO COMPROVADO), agora estamos ainda na frente e com mais conhecimento. Sitreps. Graças aos livros, os Sitreps se tornaram melhores e parte viável e que trouxe grande aperfeiçoamento ao treinamento.
O Blog do Kombato, criado no final do ano, deu grande visibilidade, e está sendo comentado nas listas de segurança, arte marcial e até mesmo política. Algumas das contribuições tem vindo de pessoas de fora do Kombato.
Roupas. Lançamos uma camisa passeio, nova, com os logos apenas na manga.
A criação da FIAMEK, que é um órgão independente do Kombato, sob a direção do presidente Daniel Villela organizou a viagem do Tuhon Greg Alland, e organizará outros eventos, portanto, aliviando a carga da organização Kombato destas tarefas, permitindo novas evoluções.
Tecnologia de treino. O Engenheiro Hélio Bortoglon, VM2 de Kombato, desenvolveu uma faca elétrica simples, de baixo custo de dá choques, para treinamento realista. Mais uma coisa que ninguém tem. Dá gosto de ver a equipe lutando em prol deste ideal. Brindes. Lançamos mais uma tonelada de chaveiros do Kombato brancos, pretos.

O QUE FAREMOS PARA ESTE ANO 
1. O lançamento do livro de Verde 2, garantido e (possivelmente) o de verde 3. 2. A inclusão do TAF (Teste de Aptidão Física) já com o desvio de idade e sexo, já para o exame de março.
3. IMPORTANTÍSSIMO Exames: Além da inclusão prévia do TAF (para eliminar alunos que não treinam, evitando acidentes), vamos tirar pontos de alunos que usarem técnicas mal utilizadas, que é o que não fizemos até hoje. Como exemplo: Ao se utilizar chutes circulares, quando se pode utilizar um pisão no joelho é perda de ponto. Simples. Por isso CUIDADO ao se condicionar fazendo outras lutas, porque a chance de se condicionar e cometer erros é enorme. Todos os erros de exames que aconteceram no ano passado, TODOS, filmados e documentados foram feitos justamente por quem praticava outra luta simultaneamente ao Kombato. Alguns condicionamentos são perigosíssimos. Inclusive um acidente grave, no exame de outubro. Isso deve ser muito bem observado. Quem estiver praticando outras lutas pode não passar por erros técnicos, que na rua, portanto, seriam fatais!
4. A Inclusão do Kombato na Força Aérea no Rio grande do Norte, de força fixa.
5. Produziremos brindes Kali (Chaveiros e Bottons 17 cortes, combate de facas, Kali Silat Brasil)
6. Adesivos magnéticos Kombato para carro (removíveis)

O QUE PROVAVELMENTE FAREMOS ESTE ANO 
1. A inclusão do Kombato em Recife (só depende de uma transferência), criando a capital do Nordeste, levando o Instrutor Rafael Lima para a cidade.
2. A inclusão do Kombato em Natal (Rio Grande do Norte). 3. A inclusão do Kombato na Ilha do governador (Rio de Janeiro), Barra da Tijuca (Rio de Janeiro), Jacarepaguá (Rio de Janeiro) e Petrópolis (RJ) (final do ano)
4. O lançamento do livro de Verde 3
5. Alguns novos órgãos da polícia, e marinha fecharem contrato com a Kombato.

O QUE EXISTE CHANCE DE ACONTECER (KALI SILAT BRASIL)
1. O lançamento de um livro sobre Kukri.
2. A viagem de um faixa preta para lutar nos Dog Brothers nos EUA

Kombatentes, continuem conosco nesta fidelidade de anos, e serão bem recompensados com mais amizade, segurança, e o prazer descomunal que o conhecimento dá.

“A sociedade que separa os estudiosos dos seus guerreiros terá seus pensamentos feitos por covardes, e seus confrontos por idiotas.”
- Thucydides.

Mestre Paulo Albuquerque